Site da USP
DEPARTAMENTO DE MEDICINA SOCIAL FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO - USP

ALDAISA CASSANHO FORSTER

Em 1974, formou-se em medicina pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP). Obteve o título de médica sanitarista em 1975, junto ao Departamento de Medicina Social da FMRP-USP, onde também cursou mestrado e doutorado em Medicina Preventiva, finalizados em 1979 e 1984, respectivamente. Realizou pós-doutoramento no Departamento de Medicina Preventiva y Salud Pública da Facultad de Medicina de La Universidad  Autónoma de Madrid em 2001. É professora associada do Departamento de Medicina Social desde 2004.

 

Linhas de pesquisa e interesse atual

Desenvolve e orienta pesquisas nas linhas de: Atenção Primária e com destaque em disciplinas e investigações na área de avaliação em saúde. Ademais interessa-se pela área de ensino médico e no momento atua na área de educação interprofissional. Estratégia Saúde da Família; e, Políticas, planejamento e gestão em saúde.

 

Projetos em implementação ou em desenvolvimento:

1)  Projeto PET SAÚDE INTERPROFISSIONALIDADE firmado entre a secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto e o campus da USP de Ribeirão Preto,junto ao Ministério da Saúde, período abril 2019 a março de 2021(projeto 170). Atua como coordenadora.

 

2) Projeto de pesquisa na área de ensino médico que se intitula “Utilização de aplicativo de smartphones para a educação em medicina social”. A equipe de pesquisadores é composta por Aldaisa C. Forster (coordenadora), Janise B.B. Ferreira (integrante), Samára Sampaio, doutoranda do programa de pós-graduação Saúde Pública (FMRP-USP) e Caique Jhones de Oliveira (caiquejh@gmail.com), pesquisador no papel de programador do aplicativo emsmartphone.

 

Produções de destaque

1) Artigos

Freire Filho, José Rodrigues, Viana da Costa, Marcelo, Forster, AldaisaCassanho, Reeves Scott.New national curricula guidelines that support the use of interprofessional education in the Brazilian context: An analysis of key documents. JournalofInterprofessionalCare, 10 (17):1-7, 2017

 

Freire Filho, JR, Viana, MC, Magnano C, Forster, AC.    Atitudes para a colaboração interprofissional de equipes da atenção primária participantes do programa mais médicos. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 26 (e3018): 1, 2018.

 

Freire Filho JR, Magnago C, Viana da Costa M, ForsterAC.Educação    interprofissional e as ações formativas do eixo do provimento emergencial do Programa Mais Médicos. Saúde Debate, Rio de Janeiro, v.43, N. Especial, p. 50-63, ago 2019.
DOI: 10.1590/0103-11042019S104

 

Freire Filho JR, Silva CBG, Viana da Costa M, ForsterAC.EducaçãoInterprofissional     nas políticas de reorientação da formação profissional emsaúde no Brasil. Saúde     Debate, Rio de Janeiro, v.43, N. Especial, p. 86-96, ago 2019.
DOI: 10.1590/0103-11042019S107

 

2) Videos

Vídeos produzidos em três Oficinas Conceituais e Formadoras em Educação Interprofissional realizados pelos participantes do projeto PET SAÙDE IP 170,no período de abril a outubro de 2019

 

2.1 Vídeo da Oficina “Interprofissionalidade e o currículo da saúde” autores Watanabe M. et al. https://youtu.be/uiLVQHhUZWs

 

2.2 Vídeo “Projeto Pet SMSRP e USP Campus de Ribeirão Preto”, apresentado na Congregação da FMRP-USP, em 18 de junho de 2019.
https://drive.google.com/file/d/1-TTwkN_i8eUneVABzFh59W76IsVj908F/view

 

2.3 Sampaio, SS; Freire-Filho JR; Ferreira JBB, Carretta RYD, Cardoso VC; Forster AC. “Projeto PET SAÚDE IP, SMSRP e USP Campus de Ribeirão Preto”, Nº 170. FMRP-USP, Ribeirão Preto (SP),18 de junho de 2019.
https://drive.google.com/file/d/1AKI1W5DWMu-MbEftvVqDHnZkNdGv0M3q/view